Polução Noturna É, Ou Não, Pecado?

Tenho uma dúvida que acredito ser algo que outras pessoas também questionem...
Já ouvi, numa das suas palestras, sobre a polução noturna, e tenho que concordar que foi bem explicativo o que disse, mas para que tenhamos a polução, antes temos também sonhos eróticos, portanto já não seria pecado por causa disso?
 
Polução noturna* é, ou não, pecado?
 
 
A polução noturna não é nada mais que uma ejaculação involuntária que ocorre quando dormimos. Essa ocorrência é algo natural, acontece geralmente na puberdade e adolescentes, normalmente com pessoas de 12 à 20 anos. 
 
 A ejaculação noturna é quando o adolescente fica produzindo o sêmen e precisa ''esvaziar'' para serem produzidos novos espermatozoides. Isso ocorre quando na maioria das vezes, temos um sonho erótico e causa a excitação, mesmo ereto ou não. A masturbação evita na maioria das vezes o ''sono molhado'', como é conhecido também.
 
Alguns momentos inconvenientes é quando os lençóis, cobertas e roupas ficam molhados, algo muito embaraçoso para os adolescentes, muitas vezes tendo que explicar aos pais.
 
Os pais ou responsáveis, nos ensinam muitas coisas, mas muitas das vezes não nos conta sobre as transformações de nosso corpo e como reagir. Contudo, isso é algo absolutamente normal, acontece ou aconteceu com todos os homens da terra.
 
* Polução noturna: Emissão de esperma durante o sono, ejaculação involuntária após sonhos eróticos.
 
Jovens Valentes responde:
 
A partir da puberdade, o organismo do rapaz produz ininterruptamente durante as 24 horas do dia e todos os dias os espermatozoides. Acontece que em algum momento o organismo terá que se livrar deles para que acomode as produções mais novas.
 
A polução noturna não necessariamente acontece após sonhos eróticos. Um homem jovem saudável tem polução noturna, pelo menos, a cada 15 dias, isso se ele não escolher o caminho da masturbação.
Entenda que enquanto a masturbação é algo voluntário, proveniente de uma escolha e estímulo, a polução noturna é involuntária, ainda que antecedida por sonhos eróticos.
 
A Bíblia, em alguns casos, chama a polução noturna de "acidente da noite",  "emissão de sêmen" ou propriamente de polução noturna.
 
Deuteronômio 23:10 e 11 diz:
"Se houver entre vós alguém que por motivo de polução noturna não esteja limpo, sairá do acampamento; não permanecerá nele.
 Porém, em declinando a tarde, lavar-se-á em água; e, posto o sol, entrará para o meio do acampamento."
 
Quando havia pecado, era recomendado o sacrifício de um animal. Perceba que, após a polução noturna, a única orientação era que tomasse um belo banho para se limpar.
Portanto, polução noturna não é pecado! 
 
Puberdade
 
 
A puberdade é um período em que ocorrem mudanças biológicas e fisiológicas. É neste período que o corpo desenvolve-se física e mentalmente tornando-se maduro e o adolescente fica capacitado para gerar filhos. Ela não deve ser confundida como sinônimo da adolescência, visto que a puberdade faz parte da adolescência. Nesta fase, são observadas mudanças tais como: crescimento de pêlos pubianos, crescimento dos testículos e aparecimento das mamas.
 
O início da fase da puberdade é variável, tendo diversos fatores envolvidos. Dentre os principais, podemos citar: a genética, a etnia (haja vista que há diferenças acentuadas entre culturas diferentes), influência do meio social (convívio com individuos mais velhos podem acelerar a puberdade) e diversos outros fatores biológicos e culturais. Geralmente para o sexo feminino é entre os 9 e os 13 anos de idade e para o sexo masculino entre 10 e 14 anos de idade. Este processo pode ser observado nos diferentes setores dos organismos, alguns mais evidentes do que em outros, como o aumento do peso e da altura e à maturação sexual. No período da puberdade, o hormônio hipotálamo ordena ao outro hormônio, a hipófise, o aumento de gonadotropinas que são liberados durante o sono, que ao se desencadearem, realizam a produção dos hormônios sexuais.
Os hormônios sexuais se diferem para os homens e as mulheres, mas não são totalmente exclusivos de cada sexo. Nos homens, os testículos secretam entre outros hormônios a testosterona e nas mulheres o ovário fabrica o estrógeno. As gônadas e as supra-renais de ambos os sexos produzem o estrógeno e testosterona, mas é variável a quantidade. As características biológicas são universais e ocorrem de forma semelhante em todos os seres humanos.
A puberdade também mexe com o emocional dos adolescentes e também em seu comportamento, principalmente em seu desejo sexual.Tanto no menino quanto na menina, não proporciona apenas mudanças físicas mas, sobretudo, psicológicas. As alterações hormonais despertam a sensibilidade sexual e, conseqüentemente, é neste período que muitos adolescentes começam esporadicamente a ter relações sexuais
 
PUBERDADE MASCULINA
 
 
No menino, as transformações começam um pouco mais tarde, por volta dos 10 aos 12 anos e são muito mais demoradas que nas meninas. Os primeiros sinais dessa transformação são, basicamente, o aumento no tamanho dos órgãos genitais, o nascimento da barba e o aparecimento de pelos na região pubiana, nas pernas, nos braços e no peito.
Esse crescimento dos pêlos depende da genética e varia muito de pessoa para pessoa. Além disso, essas mudanças são acompanhadas de modificação da voz, a qual fica mais grave. O esqueleto se alonga, os músculos se enrijecem, o tronco e os ombros alargam e a pele se torna muito mais gordurosa, o que favorece o aparecimento da acne. É nessa época que os meninos já podem ter sua primeira ejaculação.
 
As principais características das mudanças são:
surgimento de pêlos nos púbis, nas axilas e no peito;
aumento dos testículos e do pênis;
crescimento da barba;
voz grossa;
ombros mais largos;
aumento da massa muscular;
início da produção de espermatozóides;
aumento do peso e da estatura.
 
PUBERDADE FEMININA
 
 
A puberdade feminina se inicia, em geral, entre 11 e 14 anos, variando esse período de pessoa para pessoa. Em geral, a puberdade tem inicio com a primeira menstruação (menarca), que coincide com o surgimento de uma série de transformações do corpo que já se vinham manifestando na fase conhecida como pré-puberal.
Geralmente a partir dos dez anos a menina cresce vários centímetros em pouco tempo, sua cintura se afina, os quadris se alargam, os seios começam a avolumar-se e surge uma leve pilosidade no púbis e nas axilas.
 
Paralelamente, as glândulas sudoríparas se desenvolvem, tornando o odor do corpo mais intenso e provocando maior sudorese nas axilas. Essas mudanças, causam uma certa sensação de insegurança e inquietação na menina, culminam com a primeira menstruação. Durante os dois anos seguintes à primeira menstruação os ciclos podem ser ainda irregulares, mais longos ou mais breves.
As transformações que se verificam no período pré-púbere são resultados da atividade dos ovários, sobre a qual atua a hipófise. Ao nascer, a menina tem no ovário entre duzentos mil e quatrocentos mil óvulos, dos quais apenas cerca de quatrocentos serão utilizados ao longo de todo período fértil (até os 50-55 anos).
 
As principais características são:
alargamento dos ossos da bacia;
início do ciclo menstrual;
surgimento de pêlos nos púbis e nas axilas;
depósito de gordura nas nádegas, nos quadris e nas coxas;
desenvolvimento das mamas.
 
Porque homens acordam a maioria das vezes excitados?
Esta é uma situação comum em que os homens acordam com o pênis ereto de manhã. Muitas mulheres percebem esta situação quando dormem com os seus maridos, mas acabam deixando a dúvida para lá. 
Alguns chamam essa situação de “tesão de mijo”.
Ereção matinal - 'Tesão de mijo' Logo à noite, quando o homem relaxa e dorme, a bexiga vai acumulando líquido e pressiona a próstata causando uma ereção, que impede que a urina saia. O homem, quando com o pênis ereto não consegue urinar porque o canal onde a urina passa se fecha e é aberto o canal do esperma. Já com o pênis flácido, é tecnicamente impossível ejacular, já que o canal da urina se abre e o do esperma é fechado. Esse sistema foi criado pelo organismo para proteger a saúde dos espermatozóides. Assim, a urina (que é ácida) nunca irá se mistura ao esperma.
 
Talvez esse seja um dos maiores motivos do homem acordar, ir logo ao banheiro e acabar molhando o vaso (se não o banheiro) todo. Como é difícil urinar com o pênis ereto, o homem ou espera um pouco antes de ir ao banheiro (por isto muitos homens gostam de acordar e ficar alguns poucos minutos vendo TV ou deitados ainda) ou vai ao banheiro e tenta dar um jeito.
 
Alguns fatores biológicos também podem ter participação neste episódio diário. Logo que acordamos, nossos corpos estão relaxados e, por isso, a circulação sanguínea é um pouco melhor. A produção de testosterona segue um ciclo circadiano, sendo produzida em maior quantidade pela manhã e diminuindo a produção durante o resto do dia.