MASTURBAÇÃO, UMA PRÁTICA QUE AFASTA O HOMEM DE DEUS.

MASTURBAÇÃO, UMA PRÁTICA QUE AFASTA O HOMEM DE DEUS.

 

 

Existem médicos que apontam como solução para ejaculação precoce. Há uns que dizem que não é pecado, há outros que afirmam de pés juntos que não está escrito na bíblia por isso não faz mal; Tenho certeza também que não existe um convertido que não se sinta longe de Deus após cometer tal “pecado” diante de Deus.
Existem pessoas na igreja que são fofoqueiras, que destilam veneno assim que abrem a boca, destroem vidas com afirmações mentirosas e são incapazes de reconhecer que estão trazendo mal a alguém. Essas pessoas não se sentem mal em nenhum momento, pois elas não são convertidas, são convencidas, não nasceram de Deus são do capeta.
Se masturbar, ou seja, estimular com as mãos e dedos os genitais a fim de proporcionar prazer e, até ao gozo, é um ato comum, esperado, previsto e bom, no desenvolvimento humano. Crianças se manipulam, adolescentes, adultos e pessoas na terceira idade. A masturbação é algo possível tanto para meninos como para meninas , para homens e mulheres.
Quando nos masturbamos, além de sentirmos sensação de prazer, aprendemos a conhecer nosso corpo, nossas sensações, as partes do corpo mais sensíveis.
Mas e para o Cristão que mal tem?


Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela. (Mateus 5:28)
Dá pra entender o versículo acima? aos que se masturbaram, há como se masturbar sem que na mente (algo quase incontrolável) não esteja passando imagens de sexo com mulher ou com homem? Impossível! Para a carne, tudo que dá prazer, a carne quer mais… E é muito comum acontecer com solteiros na igreja, que não se sentem seguros a comentar sobre o assunto e preferem esconder o vício a procurar uma solução para o problema.
É um pecado… traz adultério na mente… no coração… esfolação da genital pelo prazer solitário, rápido, inconstante e após aquele choro de remorso… Deus por que fiz… eu não quero mais.. até a próxima excitação.
"Fugi da impureza. Qualquer outro pecado que uma pessoa cometer é fora do corpo; mas aquele que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo. Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo.” 1Co 6.18-20
“Pois esta é a vontade de Deus: a vossa santificação, que vos abstenhais da prostituição; que cada um de vós saiba possuir o próprio corpo em santificação e honra,  não com o desejo de lascívia, como os gentios que não conhecem a Deus;  e que, nesta matéria, ninguém ofenda nem defraude a seu irmão; porque o Senhor, contra todas estas coisas, como antes vos avisamos e testificamos claramente, é o vingador,  porquanto Deus não nos chamou para a impureza, e sim para a santificação.” 1Ts 4.3-7

Polução Noturna

Polução Noturna é uma ejaculação involuntária que ocorre durante o sono.
Ela resulta de uma excitação física genital que se manifesta nas fases REM (Rapid Eyes Moviment, ou movimento rápido dos olhos). Essa fase ocorre de uma a nove vezes por noite, variam de um minuto a uma hora e são as mais propícias ao sono. Se os homens tiverem sonhos eróticos durante esse período, tais manifestações involuntárias podem ocorrer.
Elas são normais, saudáveis e não causam nenhum mal ao organismo. A natureza, situação envolvida ou personagens do sonho erótico não determinam necessariamente a preferência, orientação ou tendência sexual do indivíduo.
A polução noturna ocorre em todas as idades, mas é disparadamente mais comum dos 10 aos 20 anos, justamente no período de maior inexperiência sexual e energia sexual reprimida ou insatisfatoriamente resolvida. Com o aumento da freqüência de atividades sexuais, elas tendem a diminuir e até cessar.
O fenômeno parece ser uma maneira do organismo "se livrar" do excesso de sêmen acumulado já que é menos freqüente em quem ejacula regularmente por masturbação ou relação sexual.
Não se conhece uma maneira eficiente de evitar os sonhos eróticos e nem se deveria tentar fazê-lo já que se trata de um aspecto normal da sexualidade.

Conclusão

A Masturbação é pecado. A polução noturna não. A masturbação vicia, algumas pessoas machucam suas genitais, não conseguem se aproximar de Deus, sentem vergonha do Espírito Santo e precisam de libertação.
Se você está passando por uma situação dessa, seja bispo, pastor, obreiro, membro, evangelista, missionário, ou tem problemas com pornografia, procure o pastor da sua igreja, se arrependa e receba o perdão de Deus.

Autoria: 

Alexandre Fernandes