Instituto de Medicina e Sono

O Instituto de Medicina e Sono (IMS), administrado pelo médico Shigueo Yonekura, conta com duas unidades, uma em Campinas e outra em Piracicaba. As duas clínicas estão preparadas para atender pacientes portadores de distúrbios do sono com equipamentos de ponta. Através do exame, chamado de polissonografia, são avaliados todos os aspectos do sono, possibilitando diagnóstico e indicação da melhor opção de tratamento. O exame é realizado no laboratório do sono, um ambiente bastante reservado e confortável.

MEU BEBÊ NÃO DORME, O QUE FAZER?

Meu bebê não dorme, o que fazer? Esta é a pergunta que muitos pais fazem quando um recém-nascido chega em casa. 

Ficar sem dormir devido ao sono do bebê que não vem faz parte da rotina de muitas famílias. Para driblar esta situação pais buscam respostas e fazem de tudo para que a criança tenha uma boa noite de sono. 

Mas é preciso lembrar que o sono (ou a falta de) varia de bebê para bebê. São comuns histórias de pais que ficam sem dormir porque o filho acorda toda hora, assim como casos de recém-nascidos que dormem a noite inteira. 

Quanto tempo meu bebê deve dormir?

A duração do sono varia conforme a idade. Os recém-nascidos dormem de 16 a 18 horas por dia, com variações para cada bebê. A partir de um ano de idade a maioria dorme um longo período contínuo durante a noite, com uma sesta de manhã e outra de tarde, em um total de 12 a 14 horas de tempo de sono por dia. 

* Recém-nascidos 

A rotina acordar/dormir é geralmente desordenada, porque a criança não tem capacidade de distinguir noite e dia. 

* 4 meses 

Em geral, nessa fase - mas pode acontecer a partir dos dois meses -, muitos começam a dormir cinco ou seis horas ininterruptas à noite. Durante o dia, os ciclos continuam de duas a três horas. 

* 6 meses 

Como não sentem mais fome durante a noite podem começar a dormir de 8 a 11 horas seguidas. Entre o sono noturno e as duas sonecas diárias, chega a dormir cerca de 16 horas por dia. Pela manhã dormem uma ou duas horas, à tarde, cerca de três. Alguns podem continuar acordando à meia-noite para mamar. 

* 1 ano 

Muitos dormem 12 horas à noite e estão prontos para dormir mais duas horas à tarde. Cerca de 25% continuam acordando à noite para mamar, mais por hábito do que por fome. Podem também acordar durante a madrugada, sentindo falta dos pais e até querendo brincar.

Por quê meu bebê faz caretas e se mexe durante o sono?

Isso não quer dizer que a criança esteja sentindo dores ou dormindo mal. As mímicas faciais são visíveis no bebê durante o sono agitado. É possível reconhecer expressões de surpresa, raiva, tristeza e alegria. Muitas vezes estas mímicas exprimem a vida emocional e relacional.

Confira quais são as reações normais do bebê durante o sono

Suspirar

Bocejar

Pequenos gritos e grunhidos

Mexer o corpo 

Mudar de posição

Mexer os olhos (com as pálpebras fechadas ou entreabertas)

Por quê meu bebê sempre acorda à noite?

O despertar durante à noite é normal em vários casos. Pode corresponder á transição de uma fase de sono para outra ou ocorrer depois de uma fase de sono paradoxal (sono mais agitado). Costuma ser breve e nem sempre leva à vigília total. É mais freqüente no e no e no fim da noite

Que horas deve colocar meu bebê no berço?

Depende da idade e das necessidades do sono da criança. A maioria pode ir para o berço entre 19h30 e 20h30. Às vezes ocorrem dificuldades com as crianças que precisam de um adulto para adormecer. Neste caso, a ida para o berço e o adormecimento podem atrasar até às 22h ou 23h.

Dicas para seu bebê dormir bem

Assim que os pais se sentirem seguros - em geral no final do primeiro mês - o bebê deve ser acomodado no quarto dele. Ainda que possa parecer difícil, melhora o sono dos pais, dá maior conforto à criança e é fundamental para que aprenda a dormir sozinha. 

O quarto deve ser tranquilo, ensolarado (principalmente pela manhã) e arejado. À noite, deixe-o no escuro e em silêncio. Use uma luz fraca apenas para a troca de fraldas ou quando for amamentar. 

Evite escurecer o quarto durante o dia. Deixe o bebê dormir com a luz natural e não adote a política do silêncio absoluto na casa. Durante o processo de aprendizado das diferenças entre dia e noite, é bom que ele se familiarize com os sons da rotina doméstica. 

Vista a criança de forma confortável, cobrindo inclusive as extremidades, porque pés e mãos ficam mais frios que a parte central do corpo. Lembre-se de que bebês perdem calor mais rápido que adultos, por isso tente manter o quarto em uma temperatura constante e agradável (nem muito quente durante o dia, nem muito frio à noite). 

No início, quando ainda se mexe pouco, procure colocá-lo deitado do lado direito, com as costas apoiadas em um travesseirinho. Essa postura, sobretudo depois da amamentação, ajuda a digestão. 

Evite 

Berço não é lugar de brincar, ficar de castigo ou comer. Bebês devem associar o berço apenas à hora de dormir. 

Evite fazer o bebê dormir no colo ou na cama dos pais. Coloque-o acordado no berço e procure acostumá-lo com esse procedimento. Isso faz com que ele não dependa dos pais para pegar no sono e se sinta mais seguro. 

Não saia correndo ao primeiro sinal de que ele acordou. Às vezes, a criança desperta ao mudar de posição ou sonhar. Dê-lhe a chance de aprender sozinho a pegar novamente no sono. 

Não encha o berço com brinquedos, travesseiros ou cobertores que possam sufocar o bebê. 

O quarto não pode ter exageros na decoração e deve ser relativamente isolado de ambientes sociais, como a sala de TV ou jantar. 

Curiosidade: Quando o bebê ainda está no útero, o movimento de andar da mãe o embala para dormir. Sendo assim, o recém-nascido ainda adora ser balançado e embalado. Envolver o bebê com cobertas o fará se sentir "em casa". Muitos bebês também gostam de música.

OS 10 MANDAMENTOS PARA UMA BOA NOITE DE SONO

1. Horário regular para dormir e despertar

2. Ir para a cama somente na hora dormir

3. Ambiente saudável

4. Não fazer uso de álcool próximo ao horário de dormir

5. Não fazer uso de medicamentos para dormir sem orientação médica

6. Não exagerar em café, chá e refrigerante

7. Exercícios físicos em horários adequados e nunca próximos à hora de dormir

8. Jantar moderadamente em horário regular e adequado

9. Não levar problemas para a cama

10. Atividades repousantes e relaxantes após o jantar

CONHEÇA AS FASES DO SONO

1ª: A primeira fase é a do adormecimento, que ocupa de 5 a 8% do sono. Essa fase pode durar de alguns instantes até cinco minutos e funciona como uma espécie de zona intermediária entre estar acordado e dormindo. A tensão muscular diminui e o cérebro produz ondas irregulares e rápidas. A respiração começa a se tornar suave, mas se a pessoa for acordada nessa fase ela reagirá rapidamente negando que estava dormindo.

2ª: Na segunda fase a temperatura corporal e os ritmos cardíacos diminuem, assim como as ondas cerebrais. Essa fase ocupa de 45% a 55% do sono, durando aproximadamente 20 minutos. A pessoa cruza o limite entre o estar acordado e dormindo e os olhos já não respondem a estímulos externos, como de alguém levantando suavemente sua pálpebra.

3ª: O corpo começa a entrar em um sono profundo. As ondas cerebrais tornam-se grandes e lentas. É uma fase rápida e dura apenas 5% do tempo total de sono.

4ª: Na quarta fase o sono é profundo, fazendo com que a pessoa se recupere do cansaço diário. É a fase fundamental para a liberação de hormônios ligados ao crescimento e para a recuperação de células e órgaos. Corresponde a menos de 20% da noite. Nesse período a pessoa fica totalmente inconsciente. 

5ª: Na quinta fase, mais conhecida como sono REM, a atividade está em pleno vapor e desencadeia o processo de formação de sonhos. A frequencia cardíaca e respiratória voltam a aumentar, os músculos ficam paralisados e a pressão arterial sobe. É nessa fase que o cérebro fixa as informações captadas durante o dia, mas descarta as menos importantes. 

Fonte: www.institutodosono.com.br