IEAD Cavaleir

 

 

Evangelho em Cavaleiro começou a crescer e não a couber nas casas, e começou a ser criado o ponto de pregação de Cavaleiro, mas a obra seguia crescendo. Em 1942 foi fundado o primeiro templo da Assembléia de Deus em Cavaleiro, como mostra a foto abaixo foi fundado. Vários orgãos e trabalhos da Igreja foram fundados nesse período como o 

Coral (1943)
Circulo de Oração (1946) 
Campanha Evangelizadora (1947)
Escola Dominical (1950)
Conjunto (1955)
Circulo de Oração Infantil (1958)
 
 
 
 
Foto original da Inauguração do Templo Assembléia de Deus em Cavaleiro 1963.
 
 
 
 
Neste mesmo dia 03 de Novembro, há 51 anos atrás era inaugurado o Templo da Assembléia de Deus em Cavaleiro, os irmãos se reuniram em frente ao Templo em um dia em que Deus escolheu para esse dia tão esperado, desde 1962 onde os trabalhos e a obra foi começada. A Obra feita por irmãos da própria igreja e Famílias como a do Irmão Heleno Alves, Justino Pedro, Irmã Carlinda, Pr. José Leôncio incluindo irmã Judite Alves (hoje esposa do Pr. Presidente) e outros que ajudaram de mãos dadas neste trabalho. Deus abençoou e está aqui de pé com o mesmo piso paredes e estrutura de 51 anos atrás. A quase 15 anos a Igreja passou por reformas mudando apenas poucas coisas, exemplo a faixada.
 
 
 
 
 
No decorrer de quase 80 anos de histórias, através do Evangelho de Cristo a AD em Cavaleiro traz vários testemunhos de curas, batismos e transformações. Um deles, relata Irmão Pedro Trajano (pioneiro da AD em Cavaleiro) que a Assembléia de Deus entrava em lugares que nem mesmo a polícia entrava por conta de sua criminalidade. Ele se lembra do início de um trabalho numa comunidade próxima de Cavaleiro chamada ''Planeta dos Macacos'' hoje conhecida como ''Planeta das Flores''. Lá até a igreja Católica tinha dificuldade de funcionar, inclusive funcionava lá um Convento de Freiras, que sofreram muito com a criminalidade no local, que ao perceberem a coragem dos irmãos da Assembléia de Deus no local, permitiram que os protestantes iniciassem os cultos em um salão próprio do convento, pois elas não suportavam mais os ataques dos criminosos saqueando o convento e trazendo muitos transtornos. -Fomos até ameaçados pelo líder daquele local. relata irmão Pedro, marcaram até um data para deixarem o local, mas como bons soldados de Cristo permaneceram firmes e compromissados com o Evangelho de Cristo. Com o apoio das Freiras o trabalho seguiu crescendo , onde conseguiram um local fixo para fazerem seus trabalhos e muitos criminosos se converteram ao Senhor Jesus. Ele lembra que uma certa vez num culto dirigido pelo Presbítero Justino Pedro, em inesperada maneira entra no salão do culto, um homem com uma arma em punho, querendo acabar com o trabalho, todos ficaram orando. De repente, aquelem homem caiu no salão e dormiu até o final do culto. Ao final do trabalho acordou-se e inesperadamente converteu-se ao Senhor Jesus!